Vindo para a França

Termos e condições para vir para França

Home > Angola - França > vindo para a França

VISTOS/ FORMALIDADES DE ENTRADA EM FRANÇA

Todos os estrangeiros, com ou sem visto de curta duração, que desejem entrar em França, devem possuir um seguro médico e de repatriamento no valor mínimo de 30.000 euros e que cubra todo o território Schengen (França, Alemanha, Grécia, Espanha, Itália, Áustria, Portugal, Finlândia, Suécia, Noruega, Bélgica, Holanda, Dinamarca, Islândia e Luxemburgo).
Todos os estrangeiros, quer necessitem ou não de um visto de curta duração, que desejem entrar na França para uma visita privada, familiar ou turística, devem estar na posse de uma reserva de hotel ou de um certificado de boas-vindas.

O certificado de boas-vindas é solicitado à prefeitura da residência do estrangeiro pela pessoa que o hospeda. O original deste atestado deve ser assinado pelo Prefeito que o emitiu e carimbado pelo serviço de vistos do Consulado Geral para aqueles que necessitam de visto.

ESTÃO ISENTOS DA APRESENTAÇÃO DE UM CERTIFICADO DE RECEPÇÃO:

  • Estrangeiros que desejam ficar em França por razões humanitárias ou culturais;
  • estrangeiros que vêm para França no contexto de uma emergência médica;
  • estrangeiros que vêm à França para assistir ao funeral de um parente;
  • Famílias francesas (cônjuge, filhos) ;
  • as famílias de cidadãos da Comunidade Europeia".


________________________________________

De acordo com a nova lei de 24 de Julho de 2006 sobre Imigração e Integração, as categorias de requerentes que anteriormente beneficiavam de um visto de curta duração estão agora sujeitas a um visto de longa duração.

AS SEGUINTES CATEGORIAS, EM PARTICULAR:

  • cônjuges franceses
  • Cônjuges de cientistas
  • Crianças estrangeiras com menos de 21 anos de idade ou aos cuidados de seus pais
  • Ascendentes dependentes de um nacional francês ou do seu cônjuge
  • Tendo em conta o tempo necessário para a emissão de vistos de longa duração (da ordem de três semanas a dois meses), os futuros requerentes são convidados a apresentar o seu processo de pedido de visto com antecedência.



ATENÇÃO

Desde o final de 2007, a França introduziu os vistos biométricos. Quando os pedidos são apresentados, as pessoas que solicitam um visto devem estar presentes pessoalmente para que o consulado possa fotografá-los e tirar as suas impressões digitais. Esta medida aplica-se igualmente aos titulares de passaportes de serviço e diplomáticos e às crianças maiores de 6 anos.
________________________________________

Em conformidade com a Decisão do Conselho de 20 de Dezembro de 2001 (publicada no JO de 23/1/2002), o Governo francês decidiu aplicar, a partir de 1 de Janeiro de 2003, o procedimento de cobrança de uma taxa de tratamento aquando da apresentação de um pedido de visto. Só após o pagamento dessa taxa é que o pedido é examinado. O valor a ser pago corresponde à taxa para o tipo de visto solicitado. Se o exame do processo conduzir à emissão de um visto cujo custo seja inferior à taxa de pedido paga, não será efectuado qualquer reembolso.
________________________________________

TARIFA PARA O PROCESSAMENTO DE UM PEDIDO DE VISTO - 01/01/2008


A pagar em dólares americanos à taxa de hoje

  • Visto de trânsito aeroportuário: 60 euros.
  • Visto de trânsito: 60 euros.
  • Visto de curta duração (até 30 dias): 60 euros.
  • Visto de curta duração (31 a 90 dias) uma entrada: 60 euros.
  • Visto de curta duração (31 a 90 dias) várias entradas: 60 euros.
  • Visto de longa permanência (mais de 90 dias): 99 euros.

Existem outras taxas para certas categorias específicas, bem como para vistos para os Territórios Ultramarinos da República Francesa.
A recusa de um visto não dá lugar a qualquer reembolso das taxas de pedido cobradas.

Para mais informações:
Contacte o Consulado Francês em Luanda

Conselhos de Leitura

"Poemas de Angola"
Agostinho Neto

Angola na Música

Citação

"Não é preciso ter sucesso para ser empreendedor, não é preciso ser empreendedor para ser bem sucedido."
O Duque de Orange

Vídeo