A enfermeira Amélia Gourgel, a primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid-19 em Angola

Luanda - Amélia do Amaral Gourgel, 71 ans, est devenue, mardi, la première Angolaise à être vaccinée contre le Covid-19 dans le pays.

L'Angola a reçu 624 mille doses de vaccins Astrazeneca contre le Covid-19, dans le cadre de l'initiative Covax, devenant ainsi le troisième pays africain à recevoir ces vaccins, après le Ghana et la Côte d'Ivoire.

Les patients présentant des comorbidités, les enseignants, les professionnels de santé, les personnes âgées seront les premiers à être vaccinés.

Amélia Gourgel, infirmière il y a plus de 20 ans, a reçu la première dose du vaccin d'origine indienne AstraZeneca.

L'Angola prévoit de vacciner 53 pour cent de la population contre le Covid-19, pour un total de 16,4 millions de personnes, en deux phases.

Lundi, le pays comptait un total de 20.854 cas positifs, avec 508 décès, 19 400 guérisons et 946 actifs. Parmi les cas actifs figuraient 12 cas graves, 22 modérés, 24 présentant des symptômes légers et 888 asymptomatiques.

Source  :   

https://www.angop.ao/fr/noticias/saude/enfermeira-amalia-gourgel-recebe-primeira-dose-contra-a-covid-19-em-angola/

Mis à jour le  :   

3/3/2021

Luanda – A anciã Amélia do Amaral Gourgel, de 71 anos de idade, tornou-se, nesta terça-feira, a primeira angolana a ser vacinada contra a Covid-19 no país.

Angola recebeu 624 mil doses de vacinas contra a Covid-19 vacina de origem indiana Astrazeneca, no âmbito da acção da Covax, tornando-se no terceiro país africano a receber as vacinas Astrazeneca, depois do Gana e da Cote D'Ivoire.

O plano de vacinação, de acordo com a ministra que falava à imprensa após a recepção do primeiro lote da iniciativa Covax, prevê, numa primeira fase, os doentes com comorbilidades, professores, profissionais de saúde, idosos e outros que estão expostos constantemente ao risco de contágio.  

A enfermeira há mais de 20 anos apanhou a primeira dose da vacina de origem indiana Astrazenica.

Para além da especialista em enfermagem, foram ainda vacinadas 50 pessoas pertencentes aos órgãos de defesa e segurança, sector da Saúde, professores e com comorbilidades.

Angola prevê vacinar 53 por cento da população contra a Covid-19, num total de 16,4 milhões de pessoas, em duas fases.

O Governo angolano está a trabalhar com a iniciativa Covax, formada pela Aliança Global para Vacinas e Imunização, Organização Mundial de Saúde (OMS) e Coligação de Inovações na Preparação para as Epidemias (CEPI), a fim de garantir que o país tenha acesso às vacinas.

No quadro do combate e prevenção contra a Covid-19, o governo angolano desembolsou trinta e dois mil milhões de kwanzas.

O país obteve, igualmente, o apoio das agências das Nações Unidas, avaliado em 6.2 milhões de dólares em reagentes e material de biossegurança.

Fonte  :   

https://www.angop.ao/noticias/saude/enfermeira-amalia-gourgel-recebe-primeira-dose-contra-a-covid-19-em-angola/

Atualizado  :   

3/3/2021

Conselhos de Leitura

"Poemas de Angola"
Agostinho Neto

Angola na Música

Citação

"Não é preciso ter sucesso para ser empreendedor, não é preciso ser empreendedor para ser bem sucedido."
O Duque de Orange

Vídeo